terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Borboletas na barriga

"Acorde,Acorde minha filha!Vá se arrumar,hoje tudo ira recomeçar"

O que ia recomeçar?A menina não sabia,somente vestiu-se,tomou seu café amargo e frio.
Havia Borboletas em sua barriga.
Era um dia chuvoso de verão,o sol já havia nascido,mas não deu as caras naquele dia.
Desce do carro,anda alguns metros,não conhece ninguém,só quer encontrar algumas de suas amigas,pois metade havia ficado no mesmo lugar, já ela,quis mudar...Mas não sabia da falta que iria sentir,de ver aquelas caras de sono,cobertas por um uniforme azul Royal,de encontrar todos os dias aquela mesma sala,á qual se divertia tanto.
Sobe alguns andares,e encontra uma sala fechada,mais parecida com uma prisão,poucos alunos,professores novos,porem, é mesmo blá,blá,blá de sempre.
Não tinha mas o seu lugar ao lado da janela,não tinha mais aqueles meninos imaturos que a fazia chorar de rir,muito menos as rodas de fofocas nas aulas de português.
O dia parecia nunca terminar,a vontade de voltar para casa era tanta,sentia falta das ferias,até do colégio antiquado que estudava.
Ela sabe que este sentimento vai passar,que amigos novos sempre terá,mas tudo é muito novo neste momento.
Primeiro dia de aula em escola nova,foi estranho e deprimente.

.

4 comentários:

MH disse...

Tudo o que é novo assuta.
basta eu ficar frente a frente com algo novo e..pumba...minha barriga fica cheia de borboletas.

..
...
sumiu, heim?

::Lone Wolf:: disse...

Hum... Mudei pouquíssimas vezes de escola. Quando você chegar a faculdade poderá acontecer de a cada novo semestre passar por essa mesma experiência. Mas você se acostuma.
Tem selinho para você lá no blog.

Beijos.

∆٭♥∞

Tudo foi pro Ralo disse...

sabia que eu amo sentir borboletas na barriga rsrsrs.... acho q gosto mto do que é novo... bjos no core

Rharry Belloti disse...

Nossa...depois de 7 anos na mesma escola ano passado mudei, algumas amigas foram comigo, outras não. É terrível, mas depois de alguns meses é tragicamente engraçado.

Te indiquei lá no meu blog, passa lá.

Beijo*

Obs.: Você gosta da Lispector?? Ela é demais mesmo, rs.