quinta-feira, 31 de janeiro de 2008



"Liberdade é pouco...O que eu desejo ainda não tem nome."

(Clarice Lispector)

-
Desculpem a ausência,ta um consusão minha vida,mas daqui a pouco eu volto :D
Alias,sou eu na foto!
hahaha
;*

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Borboletas na barriga

"Acorde,Acorde minha filha!Vá se arrumar,hoje tudo ira recomeçar"

O que ia recomeçar?A menina não sabia,somente vestiu-se,tomou seu café amargo e frio.
Havia Borboletas em sua barriga.
Era um dia chuvoso de verão,o sol já havia nascido,mas não deu as caras naquele dia.
Desce do carro,anda alguns metros,não conhece ninguém,só quer encontrar algumas de suas amigas,pois metade havia ficado no mesmo lugar, já ela,quis mudar...Mas não sabia da falta que iria sentir,de ver aquelas caras de sono,cobertas por um uniforme azul Royal,de encontrar todos os dias aquela mesma sala,á qual se divertia tanto.
Sobe alguns andares,e encontra uma sala fechada,mais parecida com uma prisão,poucos alunos,professores novos,porem, é mesmo blá,blá,blá de sempre.
Não tinha mas o seu lugar ao lado da janela,não tinha mais aqueles meninos imaturos que a fazia chorar de rir,muito menos as rodas de fofocas nas aulas de português.
O dia parecia nunca terminar,a vontade de voltar para casa era tanta,sentia falta das ferias,até do colégio antiquado que estudava.
Ela sabe que este sentimento vai passar,que amigos novos sempre terá,mas tudo é muito novo neste momento.
Primeiro dia de aula em escola nova,foi estranho e deprimente.

.

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Sinto falta de você,amiga.

22 de janeiro de 2006 me lembram muito bem deste dia, nós duas dançando e pulando ao som de Last nite, escovas redondas nas mãos fingindo que eram microfones, plumas e óculos coloridos por todos os lados,a impressão que tinha,era que houve uma festa naquele quarto na noite passada, mas na verdade era duas amigas tentando dizer adeus , sem choro,mas com sorrisos,elas queriam que aquele dia fosse o melhor,o qual elas teriam lembranças boas,e não a tristeza de saber que uma delas iria mudar de estado.

Aquele dia era só meu e da Rafa, ela iria para o sul, e eu? Como ia ficar sem a minha melhor amiga?Ela nunca me deixou, sempre esteve do meu lado, eu não ia conseguir ficar longe dela.

Mas o tempo me ensinou a enfrentar essa situação. Hoje faz 2 anos que ela se mudou, faz 2 anos que nós duas gritávamos o refrão de Last Nite como se fosse a ultima vez que fossemos cantar aquela musica, que choramos abraçadas, e prometemos que iríamos manter contado. Entretanto,a ultima vez que nos falamos foi no dia do meu aniversário,parecíamos duas estranhas no telefone;Ao desligar,me veio uma angustia,uma saudade tão grande,que não suportei liguei a ela chorando,a falta que ela me fazia era muito grande.Resumindo foram 3 horas no telefone relembrando nossas histórias.

Como nos conhecemos?Na fila do pão, entranho né!Foi mágico, tive a sensação que a veria mais vez.
Hoje em dia nos falamos pela internet, mas não é a mesma coisa, nossa amizade era feita de presença, mas o MSN até que ajuda. Nós mudamos muito,nossas personalidades se afirmaram de modos diferentes,que muitas vezes não batem.

Rafaela só quero que saiba que sou grata por ter um dia te conhecido, por termos sido as melhores amigas, que até hoje não encontrei amiga tão perfeita como você. Temos vários tipos de amigas,as que nos consolam,que nos divertem,que guardam nossos segredos,que nos ajudam,que perdoam,você é tudo isso mais um pouco.Saiba que a Thaís aqui morre de saudades suas,que você é muito especial pra ela,que esses 2 anos sem você aqui do meu lado foram difíceis,eu senti a dor da distância.

Eu ainda guardo aquele papelzinho que você me deu nesse mesmo dia a dois anos atrás: "Quando tiveres uma lágrima de tristeza, parte-a ao meio, dá-me metade e chorarei contigo. Quando eu tiver um sorriso de alegria dou-te inteiro só para te ver feliz!".

Toda vez que o leio procuro você para dividir a minha lágrima...te amo.

sábado, 19 de janeiro de 2008

O sol fritou meus miolos,mas voltei


Após uma noite em Porto seguro, lá fui eu para Alcobaça, 4 horas de carro, lugar longe e paisagem bonita. Pude reparar que o sul da Bahia,mais localizado no sertão tem terras,é terreno pra tudo quanto é lado,MST corram para lá!
Chegando lá, sua primeira impressão é que a cidade foi o alvo de um furacão o qual levou tudo e todos de lá, pouquíssimas pessoas na rua, um deserto, ver a praia sem ninguém me deu certo desespero: “O que eu vou fazer nessa cidade? Morrer de tédio?”.
Hotel legal, companheiros de quarto também,mas aquele sossego estava me matando,dei risada quando soube que o point da cidade era uma caixa d’água enorme, e não a igreja matriz, como muitas cidades pequenas litorânea.
À noite fomos ver o que era essa caixa d’água, bom... era uma praça enorme com brinquedos,musica,e pessoas!haha
Alias, as musicas eram o famoso tecnobrega, com axé, e MPB no final.
Os dias foram assim, de manhã praia, à tarde piscina, de noite praça, conversas a beira da piscina com a galera do hotel, e buscas para saber o número do quarto de certa pessoa, né Laura, garota de Goiânia da risada engraçada!
Ah!Teve o passeio até Abrolhos, duas horas e meia de lancha, passar mal está dentro do pacote, você não vê mais o continente!Quase que uma viagem internacional!Haha
Abrolhos é o paraíso ok, se eu pudesse teria me internado lá, mas infelizmente a marinha não deixou eu ficar em uma de suas mansões.
É um lugar tão preservado que se você fizer xixi no mar é capaz de tocar um alarme!
Mas, vi tartaruga, raia, peixes coloridos, e cardumes pra dar e vender.
Mais duas horas e meia de volta, foi tranqüilo, pois o que eu deveria colocar pra fora já havia colocado na ida!
No dia seguinte, conhecia a 1ª pessoa de SP que estava em Alcobaça, o Téo, conversamos horas na praia, marcamos até de todo mundo sair para ver se achava um luau, mas naquela noite eu estava prestes a ter uma isolação, meu rosto estava super quente e os olhos vermelhos (maldito cloro), fiquei no quarto vendo TV, coisa que não fazia há tempos.
Os dias foram passando até chegar o fim, pegar o aviãozinho e voltar para casa.
Acredite, eu não queria voltar!Tava bom demais aquela vida difícil, mas eu já estava com saudades da minha casa, da minha cama, da minha mãe, das minhas amigas,do meu P.c,do meu blog,de vocês blogueiros e dessa cidade feia chamada Santo André.
Bom o importante é que eu me divirte muito, até mesmo ouvindo musicas com o refrão do tipo: “No motel Paraíso/é onde fui traído/ pela 1ª vez”
É minha gente Bahia não é só Ivete Sangalo, e feita também de Marcelo Marrone!
HAHAHAHA


Para acabar,quero mandar um beijos pra Tha,pro Dú,Celinha,meu Pai,pra galera de Goiânia e Brasilia,pro meu best da recepção,pro Téo,pra Loh,apesar deu não ter conseguido te ver,e pra Lari(amica :D),só porque a gente fico se falando a viagem inteira por sms!
;*

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Indicações

"Eu fiz de tudo pra ganhar você pra mim
Mas mesmo assim...
Minha flor serviu pra que você achasse alguém
Um outro alguém que me tomou o seu amor
E eu fiz de tudo pra você perceber
Que era eu..."
A Flor - Los Hermanos
_












Lá vamos nós, enrolei demais pra fazer isso!
Hahaha
Bom, eu recebia indicações e nunca sabia pra que servia, então fui indicada pela Grafitte Charmy No Blog de Elite, minhas indicações:

1- http://letters-and-coffee.blogspot.com/ , é o Blog da Thaís( é novo), para quem gosta de moda, fotografia, e contos, ele é ótimo 
2- http://tresbarcos.blogspot.com/ , Blog do Du, um cara que eu conheço pessoalmente e que já me ajudou muito, recomenda!
3- http://rogeriofelicio.blogspot.com/ , Blog do Rogério, fotos maravilhosas e textos mais lindos ainda.
4- http://chuvadenovembro.blogspot.com/ , não podia me esquecer do seu né! :)
5- http://alwaystogetther.blogspot.com/ , um blog fofo, todo apaixonado



Blog Cabeça,by Chuva de Novembro,minhas indicações:





Bom,é isso,não sei quando voltarei a postar,férias para a cabeça!
;*

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Alô Bahia! & Mariana - Parte 3

Desculpe a ausência,eu estava meio mal esses dias,e com uma preguiiiiça de postar,mas já to melhor,escrever uma carta ajudou muito,mas isso é outra história.
Mas então, eu vou pra Bahia sexta-feira!haha,mais localizada em Alcobaça,Abrolhos,sei la,é esse lugar ai,mas vou passar uma noite em Porto,onde vou encontrar a Loh,uma das pessoas mais legais que eu já encontrei na Internet,minha amiga mesmo!
E volto no dia 18 :)
_

Silêncio no carro,Mariana olhava para um lado e Mel para o outro,com uma cara de quem não quer conversa.
Chegando no apartamento,Mel resolve falar:

- Porra Mariana,como é que você faz isso comigo,me deixa lá sozinha e vai dormir com um cara que você nem conhece,você nunca foi disso,e foi ontem que você chego e já faz isso!
- Me desculpa Mel...
- Desculpa uma ova,não foi você que fico preocupada,que não sabia onde sua amiga estava,juro que se teus pais me ligasse ontem a noite mandaria eles virem te buscar!
- Aff Mel,parece que você nunca fez isso
- Não,nunca fiz,todo mundo acha que pelo meu jeito de pensar sobre a vida eu fico fazendo merda por ai,mas não,eu penso duas vezes antes que fazer algo,diferente de você!
- Ok,desculpa mas uma vez,juro que não vai se repetir,eu nem quero mais ver esse cara na minha vida.

Mas ela iria ver Carlos mais uma vez,alias,varias vezes.

Acho que não comentei ainda sobre a vida amorosa das duas.
Mel namorou um garoto por dois anos,o Renato,um cara tranquilo,mas muito misterioso.
O fim do namoro? Ela abre a porta do quarto dele e vê ele com um outro cara...na cama.
É,traumático,com direito a psiquiatra.
Que alias o seu atual namorado é o tal do psiquiatra.

Já Mariana,nunca foi muito de namora,ela dizia que vivia de casos,um caso aqui,um caso ali.
Estava esperando alguém que causasse aquele batimento cardíaco mais acelerado nela.
Que suas mãos suassem ao ver o individuo.

Era sexta-feira,dia de:Encontrar o Lucas
Se arrumou toda,toda perfumada,linda!

E lá estava Lucas sentado numa mesinha tomando cerveja,com uma rosa em cima da mesa:
- Uau!você esta linda!
- (risos) Obrigada
- Oh,essa rosa é pra você!
Uma batidinha mais forte no peito esquerdo e um sorriso.

O Lucas tem o poder de fazer Mariana rir como uma criança,
de fazer ela esquecer todos os problemas.

- Mari tenho uma novidade para você!
- Serio? to precisando,diga!
- Tenho uma...Amiga que esta montando uma peça,e está precisando de uma atriz,
e dei o seu nome a ela.
- Jura?!? Gente que coisa mais maravilhosa,muito obrigado mesmo Lucas!
E aproveita para tentar beijar Lucas,mas ele vira o rosto com um olhar de quem não pode fazer isso,como se alguém não fosse gostar se isso acontecesse.

Continua
;*

Assistam :


Minha atuação,mais do que maravilhosa
OIUAHOIUHASOIUASHOI
:D

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Meu espelho

Eu vejo alguém que não conheço,alguém sem expressões refletindo no espelho.
Sinto um choro profundo dentro desse corpo frio,uma ânsia de tristeza
Vejo a perfeição de um lado e um mostro do outro,que sabe mentir,e dizer não.
Uma egoísta orgulhosa,que possue um humor negro.
A inutilidade em pessoa,que finge arrumar a mente.
A decepção de muitos e o fracasso de si mesma.
Alguém que apesar das quedas não muda.
Que chora em silêncio pedindo socorro,que pede perdão por fazer tão
mal a quem chega perto.
Deixou o tempo passar e nada fez,continua sem definição.
Eu juro que não a conheço mais.
Ouvi dizer que é uma criatura egoísta e inútil,mimada e falsa.
Mas nem ao menos a ajudam a mudar,só a criticam e depois reclamam quando trata todos mal.
Vejo alguém que odeia o que faz,mas se nega a parar.
Que não vê a compreensão de ninguém,muito menos ajuda.
Dizem que a conhecem,mas não fazem a mínima ideia de quem ela seja,pois nem ela mesma se conhece.
Olho fixamente para aquele espelho,procurando alguém melhor dentro daquela imagem,mas só via aquele cabelo bagunçado,e olhos cheios de lágrimas.
O meu grito de desespero se misturou com o dos fogos.
Mas deram mais atenção ao maldito 365 dias que acabou de chegar.
.