segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Mariana - Parte 2

16 Janeiro 1999

Logo cedo já se podia ouvir as buzinas.
Os olhos de Mariana brilhavam ao ver o prédios,os carros,a correria daquela cidade,
Ao chegar a rodoviária,Lucas perguntou para onde Mariana ia se hospedar,já que ele iria ficar na casa de uma tia,ela agradeceu,mas ia ficar na casa de uma amiga;Os dois combinaram de se encontrar no em um barzinho que Lucas adora na sexta-feira.

Mas vamos falar da amiga da Mariana,seu nome é Melissa,mas todos a conhecem como Mel.
Mel tem 18 anos e está fazendo faculdade de Publicidade,mas faz um bicos como modelo.
Ao ver ela sua primeira impressão é : Quem é esse louca?Com esse dred's,toda colorida.
Essa é a Mel!Garota extrovertida,de personalidade forte,que nasceu no Rio de Janeiro,mas viveu na cidade de Mariana até os 17 anos e se mudou para uma Kit net em São Paulo.
Diria que Mel é melhor amiga de Mariana,as duas se conhecem desde dos 2 anos de idade e são melhores amigas até hoje,apesar da diferenças as duas se dão super bem,seja por palavras ou por um simples olhar.

- Mariiiiiii!!!
- Meeeel,que saudades!
- Muitas,mas me conta quem é aquele gato que você estava conversando hein?!?
- (risos) Aaah é o Lucas,veio comigo na viagem!
- Huuum pelo jeito ta vindo muita coisa boa de lá!
As duas dão gargalhadas e se abraçam.

Após a cena seja bem vinda,pegam um táxi e vão até a casa da Mel,um lugar pequeno porem aconchegante.
Mariana liga para os seus pais e avisa que está bem,mas os dois não querem saber,querem que volte agora,mas ela é teimosa....
Depois do almoço as duas decidem ir atrás de testes teatrais.Posso dizer que a quantidade que levou de não foram gritantes,pois Mariana fez pouco tempo de aulas de teatro,sua experiência era pequena,mas a garota sabia como emocionar,fazer rir,diria a arte estava no sangue,mas só isso não vale para muitas escolas que foi atrás.

A noite Mel tinha ingressos para o show do Raimundos(umas das bandas que fazia sucesso em 99) numa boate conhecia em São Paulo.
E lá foram elas,lindas e animadas,cantaram,dançaram,beberam,para Mariana aquele dia estava sendo o melhor da vida dela.
Mas um homem em especial chamo-lhe a atenção,ele estava encostado ao balcão do bar,tomando um drink,com uma camisa branca,e uma calça social,seu nome era Carlos,tinha 34 anos,cabelos escuro e olhos claro,irresistível!
Ele não parava de olhar Mariana,com um sorriso de segundas intenções.
Com toda ingenuidade de garota de interior,foi até lá,conversaram,alguns beijos,e muitas,mas muitas bebida.
Posso dizer que Mariana acordou com a cabeça explodindo,numa cama que não era dela,enrolada em um lençol branco todo amassado,e com Carlos nu ao seu lado!
No momento ela não sabia se tomava uma aspirina ou sairia de lá,sua roupa estava toda espalhada pelo chão,sua reação foi de intenso desespero.
Se trocou deixou um bilhete e saiu,mas para onde ela iria?
Não conhecia nada!ligou para Mel e pediu para busca-la.

Continua...

domingo, 23 de dezembro de 2007

Mariana - Parte 1

Peço desculpa pela ausência,fim de ano,muitos problemas,sabem com é !
Espero que gostem da história que irei escrever ao longo desses dias.
;*
_

15 de Janeiro de 1999

Mariana estava pronta para sair,na mochila algumas trocas de roupa,dinheiro,uma carta,e o celular;Nas mãos a chave de casa,a qual não usaria nunca mais.
Em cima da mesa deixou um bilhete que dizia:
"Mãe e Pai,estou indo atrás do meu sonho,não se preocupem,eu sei me cuidar.Amos vocês"
Destranca a porta e vai vagando pelas ruas,aonde ela vai?Só Deus sabe.
Mariana tenta olhar os rostos de quem está andando na rua,mas não consegue,todos estão de cabeça baixa,olhando para os pés.
O sonho de Mariana era ser atriz,fazer musicais,peças,novelas,filmes,o que viesse para ela era lucro.
Já tinha até um nome artístico,Marianna Grings,ela achava que colocando mais um N em seu nome trazia mais sorte.
Mariana era uma garota de 17 anos,cabelos longos e cacheados,os olhos grandes e escuros,possuía um sorriso largo e bonito,era alta,não era magra,nem gorda,média,ela tinha um corpo bonito.
Morava numa cidade pequena do Rio grande do Sul,a qual odiava,Mariana queria agitação na sua vida,queria oportunidades,seu destino era São Paulo.
Estava usando a camiseta de sua banda favorita,Ramones.
Usava um colete e uma calça jeans regada,nas costas uma mochila cheia de botons.
Dizia que seu estilo era indefinido e único,era só dela e de mais ninguém.

Virando a esquina viu de longe um homem correndo com um violão nas costas,passou por ela rapidamente,mas o tempo suficiente para um olhar especial acontecer.
Quem era ele?Por que estava correndo?
Essas era umas das milhões de perguntas que Mariana fazia em sua cabeça.Porque se preocupar tanto com um estranho!
Mas o olhar dele não saiam de sua mente,um olhar de pressa,no entanto calmo,e fascinante.
Já eram quase 18:30 e resolveu parar para tomar um café antes de pegar seu ônibus.
Sim,Mariana tinha um passagem para São paulo,seria lá onde a sua vida mudaria completamente.
Na carteira possuía mais ou menos 2.500 reais,dinheiro que lutou para conseguir trabalhando de garçonete.
19:30 seu ônibus está saindo,sentou-se na poltrona 32 ao lado da janela.Ansiedade era o que não faltava em Mariana.
Ligou o celular e viu milhares de ligações de seus pais,mas Mariana só ligaria para eles quando chegasse em São Paulo.

Seu companheiro de viagem na poltrona 31 não era ninguém mais e ninguém menos que o homem o qual viu correndo na rua.
Esse meu amigo destino apronta cada uma!

Os dois se olharam e começaram a rir,até que Marina disse:
- Quem diria hein,correu tanto para sentar aqui!
- Run Lola Run! (risos) Prazer,meu nome é Lucas
- Prazer,Mariana.

A viagem era longa e a conversa não acabava nunca,os dois riam,falavam sobre filme,música,sonhos,amores,etc

Lucas tem 19 anos,fazia parte de uma banda cover do Sonic Youth,tocava guitarra,mas o seu amor era o violão.
Tinha os cabelos um pouco abaixo das orelhas,castanho claro,olhos verdes,e uma barba mal aparada.
Era alto,e magro,uma aparência misteriosa e sedutora.
Estava indo á São Paulo a procura de seu Pai,e de patrocínio.

.

Continua...

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

"Eu enterro meus dedos do pé na areia
O oceano se parece com mil diamantes espalhados em uma colcha azul
Eu me inclino contra o vento
Faço de conta que não tenho peso
E nesse momento estou feliz... feliz"


Wish You Were Here - Incubus

Voltei:)
-
Lá é meu lugar,eu e o mar,a minha renovação.
O sol sobre na minha pele,penetrando sua cor.
As marcas dos meus pés ficam desenhados na areia,o vento
me trás a sensação de liberdade.
Vejo castelos,guerreiros com pranchas,diversas danças.
Vejo uma vida de rei,sombra e aguá fresca.
Diversas raças em um só lugar,curtindo a merecida ferias
Vejo gente feliz,curtindo o que a de bom na vida,as coisas simples
que muitas vezes não reparamos!
Se eu pudesse não iria embora nunca,ficaria ali,olhando todos os dias
o sol indo embora atravessando o oceano.

;*

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

11:11

"Bem, a vida tem um jeito engraçado de aprontar com você
Quando você pensa que tudo está O.K. e tudo está indo bem
E a vida tem um jeito engraçado de te ajudar quando
Quando você pensa que tudo está dando certo e tudo explode
Na sua cara"
Ironic - Alanis Morissette

É ainda não fui!haha
_
Eu não sei se eu verdade,ou lenda,ou piada,mas essa história de que se do nada olhar para o relógio e os minutos estiverem igual a hora,alguém esta pensando em você.
Quando isso acontece comigo fico pensando:"Quem estaria pensando em mim?"Hoje,olhei no relógio e eram 11:11,fiquei olhando para ele até marcar 11:12,me veio aquele pensamento de sempre.
Talvez seja um relógio biológico.Tem até nome esse "fenômeno": capícua,que não tem nada a ver com astrologia.
Pode ser estranho,mas me fascina!Eu sempre dou um grande sorriso quando vejo,acho magico!Porque talvez alguém esteja pensando em mim,e cá entre nós isso é tão bom!
Verdade ou não,marcou 11:11 no meu relógio e eu sorri!
:)

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007



Ben Kenney - "Eulogy" (Live)

O meu Brandon que me desculpe,mas o Ben Kenney(baixista do Incubus)é foda!
Ninguem mandou deixar a gente no camarim esperando por você,mas tudo bem,ainda amo você Brandon Boyd(vocalista) :)


"Vamos fazer disto nossa história
Vamos viver na glória
Tempo, ele evansce precioso como uma canção
porque algum dia desapareceremos"
More Than This - Vanessa Carlton
.
Gente! amanhã irei viajar,go,go,go Guarujá!Voltarei segunda.
Relaxar um pouquinho e mandar embora esse bronzeado de escritorio!E quando voltar estar com uma história de praia,sempre volto com uma quando vo pra lá :)
Se cuidem queridos,beijos;*

Colação

Após 21 dias de férias é estranho reencontrar todo mundo vestido de beca, eu contei os dias pra esse dia chegar, tal vez porque eu queria ter certeza que o meu 9º ano acabou e que ano que vem vai ser tudo diferente, porque não vou estar com o 9º B, a sala que critiquei no começo do ano e que hoje declaro amor eterno, onde criei mais que amigos, uma família!
Nossa sala conseguia ser feliz com coisas mínimas, a coisa mais idiotas, causadoras das minhas dores de barrigas de tanto ri, ou da minha maquiagem borrada por causa da minha crises de riso que me fazem chorar.
É como o César (Profº de história) falou: “o 9ºB é uma sala de uma diversificação incrível”
Somos todos tão diferentes, mas nos damos tão bem, construímos uma ponte da Bósnia até Mauá!hahaha (nós somos de Sto. André)
Eu só tenho que agradecer a essa sala que me fez feliz de seg a sex,das 7:15 a 11:45!
Amo vocês !
Mas voltando ao assunto da colação, quero ver colação mais engraçada que a nossa!
Do discurso da Boça (Profº de geografia), ao coro na hora que eu fui receber o canudo!Haha
“PAU VERDE,PAU VERDE! TE AMO GATONA!”
Eu saiba que iam gritar pau verde(meu apelido,por causa do sobrenome Valverde),mas não que iria virar um coro!Só faltou a diretora gritar!
As torcidas organizadas pra cada Profº,o discurso da Duda e da Tin,e eu encarando o meu orgulho e pedido desculpas a Amanda,fazia um mês que nem se olhávamos na cara,o motivo?...Não sei!Perguntei se podia lhe dar um abraço, e os seus olhos se encheram de lágrimas e ficamos abraçadas por vários minutos em silencio, dei-lhe um beijo no rosto e pedi desculpas por qualquer coisa que tenha feito, e ela também!Senti tão bem depois daquilo, porque matou aquela saudade que eu estava dela.
Final da noite? No habibs dando risada! :)
AMO VOCÊS 9º ano

;*

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

"Há flores cobrindo o telhado
E embaixo do meu travesseiro
Há flores por todos os lados
Há flores em tudo que eu vejo"
Flores - Titãs
Quem gosta de fotografia,ai vai o link do meu flickr: http://www.flickr.com/photos/thaiiis/

Minha religião?

Era para eu estar numa missa nesse instante,uma missa voltada a mim,formanda
Eu e mais sei la quantas pessoas na matriz de Santo André,mas sinceramente eu não estava com a mínima vontade,missas são bonitas,mas são chatas! .-.
Sou uma cristã que não frequenta igreja,só em missa de sétimo dia e batizado.
Já frequentei de tudo pra ver se me encaixo em algo!Budismo,evagelismo,espiritismo(a qual eu me identifiquei mais),até religiões que nem lembro o nome!
Agradeço demais a minha mãe ter me dado a chance de escolher o que eu queria,e não ter feito como muitas mães que colocam as crianças em catecismo,crisma,etc,sem ao menos pedir a opinião delas.
É muito estranho na parte de ir pegar a hóstia,todos vão e me olham com aquela cara" Ei,você não vai?"..."Não!",eu não me sinto bem,não fiz catecismo,nem sei ao menos como pega a hóstia!mas fui batizada.Muita simbologia para minha humilde cabeça.
Acredito em Deus,em Jesus,em reencarnação,em mãe preta,em Buda,em oração,São longuinho,eu tenho fé em tudo que me faz sentir bem,e protegida!
Dos 7 pecados,quem nunca cometeu?
Eu só tento ser alguém bom,e honesta,que tenta mudar o mundo,pra quem sabe um dia consiga uma kit net no céu.
Talvez eu seja um pouco do contra,mas sabe como é:futebol,politica e religião não se discute!

:)

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

"Ela tem um lindo sorriso que disfarça o veneno que ela esconde"
Only One - Lifehouse

Meu ano

Faltam só 15 dias pro natal e mais 6 pro ano acabar de vez!
É tão estranho,ao passar deste ano eu nunca quis tanto que ele acabasse,
Foi um ano cansativo,doloroso e triste.Tive uma perda que valeu por uma vida inteira.
Dei de cara no chão milhares de vezes,e lágrimas não faltaram!Briguei,xinguei,ao ponto de querer desistir de mim mesma,mas tive pessoas que me ergueram de volta.
Essas pessoas foram minhas amigas e a minha fé de ter dias melhores.
Mas reavaliando melhor,não foi tão horrível assim,tive também momentos maravilhosos,e felizes este ano.
Um exemplo foi dia 15/10/2007,um dos melhores dias da minha vida,show do Incubus,que esperei por tantos anos!Tanta ansiedade,tanta alegria,tantas emoções misturadas
em mim mesma.
As viagens,os reecontros,as festas,os amores,as besteiras cometidas,as aulas que matei,e ter passado de ano direto!!!
Momentos bons podia se ter o ano inteiro,mas foram com os mais dolorosos e difíceis que aprendi!
Aprendi a perdoar,a entender a saudade,não desistir de mim mesma,a conhecer melhor as pessoas que considero amigas,e perceber que a minha família é a minha fortaleza.
O ano de 2007 foi especial,foi diferente dos outros,eu cresci,amadureci!Posso dizer que hoje não sou a mesma Thaís de 2006,aquela menina que tinha medo do mundo,sou outra,que hoje vê o mundo com outros olhos,e que não tem medo de querer muda-lo,que agora sabe que a frase eu te amo tem um valor imenso.
Apesar de tudo eu vou sentir falta de você 2007!

;*

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Eu,autista!

Muitos irão me criticar,mas tem momentos que gostaria de ser autista!é!a-u-t-i-s-t-a!
Ter um mundo só meu,onde eu só deixe quem eu quiser entrar,rir sem medo.
Eu nunca vou esquecer daquela garotinha da festa junina,ela dava gargalhadas sozinha,cantava,rodava e pulava em volta da fogueira,as vezes olhava para o meu rosto e dizia palavras estranhas,as quais eu não entendia,só conversava com a mãe.Por alguns minutos achei que ela era feliz até demais,ou um pouco débil mental,mas ela era autista,devia ter seus 10 anos,era linda!Diria que é uma criança normal e saudável,mas eu nunca defini o que ser normal.
Só sei que fiquei a festa inteira prestando atenção nela,talvez porque minha vontade era estar junto dela,viajando,ao invés de ficar sentada tomando vinho quente.
Eu tento ter esses meus momentos autista,mas não consigo,pois sou obrigada a ouvir as besteiras que o povo diz, e voltar a realidade.
Talvez a minha vontade verdadeira é me desligar por dois minutos de mim mesma,e viajar no meu mundo.

;*

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

"O vento vai dizer lento que virá
E se chover demais
A gente vai saber,
Claro de um trovão,
Se alguém depois sorrir em paz "
O Vento - Los Hermanos

Quase um papai noel

"Alo! Esqueceu que tem pai é!?"
"Não né pai, haha"
"Que bom,mas então filha,sabe aquela minha infecção que eu tava?Ficou pior,fui parar no hospital,não conseguia sair da cama"
"Que horror pai!mas você esta tomando remédio né?"
"Sim,mas nem fui trabalhar,o pai ta mal mesmo"
"Melhoras"
"Mas então,eu queria te perguntar uma coisa...você sabe o que é um playstation 2?
"Ah é um vídeo game!,mas porque você quer saber?"
"É que o pai foi até o correio e lá eu peguei uma daquelas cartinhas que as crianças mandam para o papai noel,e você pode presentear a criança,e eu peguei a de um menino,que eu chorei só ler,pois o eu lembrei da minha infância,(começa a chorar),e na carta ele diz que o sonho dele é ter um playstation,onde será que vende?"
"*-* QUE LINDO PAI!!" "Acho que vende em loja de brinquedo,sei la,é fácil de achar"
"É,então eu vou comprar,e mais uma camisetas,que ele ta precisando,ai é só manda no correio que eles entregam,sem dizer o nome,como se eu fosse o papai noel!"
"Nossa pai,parabéns pela sua atitude,to orgulhosa,haha! (e começa a chorar também)!Te amo pai!"
"Eu também,beijo"

Sabe,eu achei a coisa mais linda o que meu pai fez,ele ta realizando uma sonho de alguém que ele nunca viu na vida.
Uma atitude pequena porem tão especial,porque meu pai sempre esteve acostumado a dar presentes de menina,alias eu sou a única filha dele,e pegar uma carta de um menino foi estranho,mas ele se propôs a realizar.

Mas era só isso que eu queria postar hoje,o orgulho que eu estou sentido dele!
Te amo pai :)

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Mentira

Estou do seu lado,te perturbando,te cutucando para que me apresente ao mundo.
Posso ser grande ou pequena,mas a dor que causarei será sempre forte.
Você me usa para fugir do seus problemas,somos aliados.
Apresento a consciência pesada,o remorso,a fuga.
Pareço ser a única alternativa,a mais fácil,mas você ira se arrepender de me usar,pois se me apresentar a quem tu amas,talvez o amor vire ódio, e o perdão demore a ser dito.
Sou teu defeito,o teu e da humanidade inteira,sou perigosa,estou do seu lado,te perturbando,te cutucando,prazer,meu nome é mentira!

;*

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007


Nostalgia de um amor

Bom dia!já são 12:00,troco o café por um prato de arroz e feijão e uma aspirina,
dores de cabeça aparte,música no ultimo volume,a justificativa?
uma noite mal dormida,conversando com você por horas,ouvindo e falando bobagens,
rindo baixinho,um sorriso largo e brilhante quando você dizia eu te amo.
"Tenho que desligar,já é tarde","Não!deixa eu ouvir só mais um pouco a sua voz",
"Eu te amo,boa noite amor".
Relaxar e dormir era difícil,pois eu só pensava em ti,parece que eu vivia por ti,respirava só quando te via,é...talvez eu esteja apaixonada,e isso me faça esquecer muitas vezes de mim,e só pensar em você,não sei se isso é bom,mas me faz bem.
Já faz um ano que você virou uma lembrança,cada abraço,olhar,sorriso,tudo vai ficar guardado,eu juro!
Te ver hoje na rua de mãos dadas com outra,doeu,mas passou,pois sei que você está bem,o nosso amor talvez virou bom dia,mas a lembranças,aah elas,estão estampadas nos seus olhos quando me vê.

domingo, 2 de dezembro de 2007

Nunca serei uma dama

Só Deus sabe o quanto eu quis em toda minha vida ser daminha de honra!Não ria!...é um desejo meio revoltado,talvez porque quando eu era criança a moda do divorcio explodio,e nas igrejas não se ouviam mais a marcha nupcial,pelo menos na minha família foi isso.Todo mundo resolveu bater na porta do advogado,meus pais eram um deles.

Era pequena, lá pelos meus 7 anos,já cansada de ver meus pai arrumar as malas,e de ver minha mãe chorar.
Hoje em dia os dois estão bem,cada um com novo parceiro(a),e eu com 4 pais!
Mas voltando ao assunto de daminha,não sei porque existe esse desejo de ser,
pois tenho certeza que iria ficar vermelha,verde,roxa de vergonha na hora de entrar na igreja,
meu coração iria sair pelo nariz!
No próximo fim de semana sera o casamento do meu primo,pedi pra se pajem,porque daminha não da mais...minha resposta : você é mais alta que a noiva!
Imaginem minha cara de vou te matar ou vou cortar minha pernas!!!
O que tenho que fazer nessas horas? é compreender que não nasci pra isso,jogar toda aquela imagem de vestidinho,baby-liss,flores no lixo!Amarrar o meu all star e sair pelas ruas chutando pedras.


Um bom resto de Domingo para vocês
;*

sábado, 1 de dezembro de 2007

Um lugar só meu...

Sádado de sol...

Tem dias que a vontade de sair de casa é tão mínima e o tédio tão grande,a falta do que fazer parece que nos deixa louco,com medo de sairmos e o sol cegar nossos olhos,talvez esse momento de solidão num sábado seja necessário para que eu reflita,chore,grite.Olhava ao redor e só via eu,a cadeira e o computador,ninguém mais,talvez as férias causem isso:solidão!principalmente no começo delas,ninguém viaja,seus pais trabalham,e você fica em casa sozinha,não tem mais aquela pessoa que lhe vazia companhia nesses momentos,a sua vó.Não entrarei em detalhes,pois irei estragar meu teclado com tantas lágrimas que derramarei,mas eu sinto saudades dela,dos seus doces,dos seus abraços e suas historias,talvez é a falta dela que me trás essa tristeza nesses dias,essa solidão imensa.
Nenhum barulho no telefone,parece que nesses dias todos se esquecem de você,o tempo passa rápido,e quando você olha para o relógio já são 6 da tarde,a sua manhã,a sua tarde,não valeram de nada.
Então você toma coragem e vai alugar um filme,um romance com um final triste,porque comédias não combinam com hoje,mas romances com finais tristes muitos menos,vai entender minha cabeça...
Você assiste,chora,chora,chora e chora,até os olhos ficarem roxos,e pensa " porque não aparece um cara desses na minha vida,igual o garoto do filme,fez todos os desejos que a garota tinha antes dela morrer,tudo por amor!"
Sim,eu sou romântica,mesmo que não ninguém acredite.Daquelas que se receber um buquê de flores é capaz de se casar com o sujeito!
Agora são 23:30 e o sono começa a tomar conta de mim,e a esperança de um dia seguinte melhor vira em meus sonhos.

Tenham uma boa noites,seja na balada,ou em casa.
;*